Arquivos de Tags: socialismo

Comunidade, morro, favela, bairro proletário: qual nome devemos usar?

Durante décadas muito se tem discutido a questão de como se referir corretamente aos bairros proletários. Os nomes até então usados são formas coloquiais ou "censuradas" dos locais, como comunidades, favelas e morros. O presente texto discute sobre como nós, marxistas, devemos chamar os bairros proletários. Primeiramente, explicando os nomes, seja da perspectiva etimológica (se formos nos referir à palavra “favela” em específico) ou não. Porém, sempre ligando aos contextos históricos.

Leia Mais »

A Esquerda Marxista, agora Organização Comunista Internacionalista, decide sair do PSOL para continuar seu combate contra o imperialismo, a direita e a política do governo Lula

A Esquerda Marxista, seção brasileira da Corrente Marxista Internacional, realizou o seu 8º Congresso Nacional no último fim de semana (4 e 5 de novembro de 2023). Este foi um congresso histórico, que adotou importantes resoluções, como a mudança de nome da organização para Organização Comunista Internacionalista (OCI).

Leia Mais »

Por que os comunistas defendem a Intifada até a vitória?

Os comunistas na Grã-Bretanha foram atacados pela imprensa reacionária pela utilização do nosso slogan, “Intifada até a vitória!”. Na tentativa de atravessar as mentiras e distorções, publicamos a nossa resposta que olha para a verdadeira herança das Intifadas, como uma fonte de lições e inspiração para revolucionários em todo o mundo.

Leia Mais »

Abaixo a hipocrisia! Defendam Gaza! – Declaração da CMI

A seguinte declaração da Corrente Marxista Internacional afirma a nossa solidariedade com o povo palestino. Responde à repugnante hipocrisia do imperialismo ocidental e dos seus lacaios, que se unem em apoio ao Estado reacionário israelense enquanto este desencadeia uma vingança sangrenta sobre Gaza, após o ataque surpresa do Hamas em …

Leia Mais »

A guerra na Ucrânia leva a divisões no movimento comunista – voltar a Lênin!

A guerra coloca tudo em termos duros e, portanto, põe à prova todas as tendências. A guerra na Ucrânia levou a uma série de divisões dentro dos partidos comunistas em vários países, bem como provocou divisões entre eles. Para avançar é necessário regressar às políticas leninistas genuínas, nesta e em todas as demais questões.

Leia Mais »

A classe trabalhadora desapareceu? Fato e ficção

Quando me levanto de manhã, calço os sapatos e amarro os cadarços, muitas vezes me pergunto: “quem fez esses sapatos?”. Da mesma forma, quando me sento à mesa para tomar o café da manhã, me pergunto: “quem fez a mesa e quem trabalhou na fazenda que produziu a aveia do meu mingau?”. Quando vou fazer meu check-up anual no consultório médico local, me pergunto: “a que classe pertence a enfermeira?”. Você pode estar se perguntando por que me faço essas perguntas. Bem, é porque somos constantemente bombardeados pela ideia, aparentemente desafiando a minha experiência, de que a classe trabalhadora já não existe mais; que foi dissolvida e que agora somos todos, em sua maioria, de “classe média”.

Leia Mais »

Shostakovich, a consciência musical da Revolução Russa

Shostakovich nasceu em São Petersburgo, em 25 de setembro de 1906, e morreu em Moscou, no dia nove de agosto de 1975. Sua vida, por conseguinte, abrangeu a Revolução de Outubro, a guerra civil e as duas guerras mundiais, bem como os horrores do stalinismo, que mudou todo o curso de sua vida, assim como mudou o destino do país de Outubro, pisoteando as esperanças e os sonhos despertados pela Revolução Bolchevique. Tais eventos titânicos evocaram a música em escala equivalente e encontraram eco harmônico nas poderosas sinfonias de Shostakovich.

Leia Mais »

Pela descriminalização do aborto! Pelo direito das mulheres à vida, à dignidade e à liberdade!

O Supremo Tribunal Federal (STF) vive às voltas quando o assunto é direito da mulher. A pauta do aborto foi retomada pela presidente do STF, ministra Rosa Weber, relatora da ação iniciada em 2017 pelo PSOL. A magistrada, às vésperas de sua aposentadoria compulsória em 2 de outubro deste ano, marcou para dia 22 de setembro o início do julgamento da ação que questiona a criminalização do aborto em gestações de até 12 semanas. O que significaria não considerar mais crime a interrupção voluntária da gravidez e assegurar o direito fundamental à vida, à dignidade, à liberdade e à saúde da mulher trabalhadora.

Leia Mais »

Por que os comunistas vendem jornais?

Meta, a gigante da mídia social proprietária do Facebook e do Instagram, começou a bloquear todas as notícias de suas plataformas no Canadá em agosto. A proibição das notícias seguiu-se à aprovação pelo governo federal do Projeto de Lei C-18, a Lei das Notícias Online, que exigia que as big tech pagassem aos meios de comunicação pelo conteúdo que utilizam ou reaproveitam nas suas plataformas. O Google também planejou começar a bloquear as notícias no Canadá até o final do ano, quando o Projeto de Lei C-18 entrar em vigor. Para os comunistas, a proibição de notícias em plataformas pertencentes a bilionários sublinha a necessidade de uma imprensa operária independente através da produção e distribuição de um jornal físico.

Leia Mais »