Teoria

São Paulo deve ser destruída

Livro de Moacir Assunção conta a história da maior guerra urbana da América Latina travada há 100 anos pelo governo Arthur Bernardes contra os tenentes revoltosos e, particularmente, contra os operários de São Paulo.

Leia Mais »

A Revolta dos 18 do Forte de Copacabana e as origens do tenentismo

Há 102 anos explodiu a Revolta dos 18 do Forte de Copacabana. Às vésperas do 1º Centenário da Independência, ecoa o grito de ódio vindo das casernas contra a República Velha. Essa foi a primeira das revoltas tenentistas, que expressaram as divisões de classe dentro das forças armadas e abriram uma situação revolucionária no país, ao passo que impuseram aos últimos mandatários do regime o estado de sítio quase permanente.

Leia Mais »

Negritude: uma herança romântica da esquerda identitária

Não há dúvidas de que o combate ao racismo é um eixo central para toda a esquerda, mas todo combate ao racismo que não combate ao mesmo tempo o racialismo, reduz-se à um trabalho de Sísifo. A ideia reacionária de que a humanidade é dividida em raças, o racialismo, foi a base para o racismo, a justificativa pseudo científica para o colonialismo, mas que hoje está, de modo reformulado, na boca e na produção de diversos ativistas de esquerda, precisa ser combatida se de fato almejamos a emancipação de pretos, mestiços e indígenas, e a construção de uma sociedade comunista.

Leia Mais »

Marxismo versus libertarianismo

No momento em que escrevo, a economia global encontra-se nas garras do caos e da crise – o resultado de um coquetel incendiário de oscilações voláteis na demanda, de anos de subinvestimento crônico e de gargalos induzidos por pandemias na produção e distribuição. Alguns especialistas estão prevendo que levará anos até que os atrasos sejam resolvidos, a escassez de mão de obra seja preenchida e os preços se estabilizem. Enquanto isso, as famílias comuns enfrentam escassez de necessidades básicas, como alimentos e combustível, e a renda familiar real está sendo corroída pela inflação desenfreada.

Leia Mais »

Lênin em um ano: O Desenvolvimento do Capitalismo na Rússia (1899)

Em dezembro de 1895, Lênin ajudou a fundar o grupo marxista de São Petersburgo, a Liga de Luta pela Emancipação da Classe Operária. Mas, assim que estava prestes a imprimir o primeiro número de seu jornal, Lênin e outras figuras proeminentes foram presos pela polícia secreta czarista. Mas a atividade política de Lênin não diminuiu quando ele foi preso e posteriormente exilado para Shushenskoye, na Sibéria. Na verdade, foi durante esse período que Lênin produziu "O Desenvolvimento do Capitalismo na Rússia", uma análise científica afiada dos processos econômicos que estavam minando a antiga e venerável ordem social no país, preparando eventos revolucionários.

Leia Mais »

Marxismo versus pós-modernismo

O pós-modernismo é uma escola de pensamento filosófica amorfa que ganhou destaque no período pós-guerra. Começando como uma tendência marginal, desde então cresceu e se tornou uma das escolas dominantes da filosofia burguesa, permeando grandes partes, senão a maioria, da academia hoje. Aqui publicamos o primeiro de uma série de artigos que analisam diferentes aspectos do pós-modernismo a partir de uma perspectiva marxista.

Leia Mais »

Lições de Abril

Em 1974, Portugal vivia sob o jugo de uma ditadura e era um país pobre, isolado e em guerra. Sete grupos econômicos controlavam a economia do país. Cansados da guerra e temendo vir a ser responsabilizados pela derrota, os Capitães (cerca de 300 militares) impulsionados por uma questão reivindicativa, evoluíram muito rapidamente para a oposição e conspiração contra a guerra e o regime. Que tudo se tenha passado numa questão de meses foi fruto do apodrecimento do regime. 

Leia Mais »

Os trotskistas e a luta contra a ditadura

Os trotskistas, desde a criação da Oposição de Esquerda, na década de 1930, sempre fizeram parte da vida política no Brasil. Na ditadura, isso não foi diferente, defendendo a revolução e o socialismo. Na ditadura, combateram tanto a integração estratégica do Partido Comunista Brasileiro (PCB) às instituições do Estado como o espontaneísmo inconsequente da luta armada, defendo a necessidade da organização independente dos trabalhadores. Esse processo, de luta teórica e política de princípios, levou à criação da Organização Socialista Internacionalista (OSI), em 1976.

Leia Mais »

Lênin em um ano: escritos de um revolucionário

Neste ano do centenário da morte de Lênin, é tempo de os revolucionários reivindicarem o verdadeiro Lênin: como um lutador revolucionário, o fundador do bolchevismo e da Internacional Comunista, e como um dos maiores teóricos marxistas da história. Para este objetivo, temos o orgulho de lançar uma nova série, “Lênin em um Ano”, para trazer à tona as pérolas – algumas bem conhecidas, outras nem tanto – do prodigioso trabalho teórico de Lênin. A série pretende transmitir o valor duradouro desta teoria aos revolucionários de hoje e ilustrar como este trabalho teórico esteve intimamente ligado às polêmicas e às lutas políticas que definiram a vida de Lênin, por meio das quais o bolchevismo foi forjado.

Leia Mais »

O golpe, a ditadura e o revisionismo acadêmico

Neste ano completam-se 60 anos do golpe que derrubou o governo João Goulart em 1964. O processo, encabeçado pela cúpula militar e apoiado por empresários e outros setores sociais, abriu as portas para a ditadura que perseguiu e assassinou críticos e opositores até a década de 1980. Contudo, ainda que as ações dos golpistas e dos ditadores sejam bastante evidentes e conhecidas pela sociedade, sempre geraram polêmicas e interpretações, que vão muito além do mero negacionismo desprovido de conteúdo de Jair Bolsonaro e seus seguidores.

Leia Mais »