Quênia: Ruto recorre à enganações, manobras e provocações

A tomada do prédio do parlamento queniano pela juventude revolucionária na semana passada surpreendeu o mundo e deixou os políticos quenianos e a classe dominante em estado de pânico e desordem. A força bruta não foi capaz de tirar as massas das ruas. O regime foi forçado a recorrer a novos métodos: uma combinação astuta de enganações, manobras e provocações.

Leia Mais »

Os comunistas foram eleitos para o DCE da Univille

Na última terça-feira (02/07), o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Univille realizou a eleição para a gestão de 2024/25 em uma disputa com duas chapas: “Renova” e “Univille Pública”. Esta entidade estudantil estava há uma década sob direção de grupos ligados, direta ou indiretamente, à direita joinvilense, transformando o principal instrumento do movimento estudantil em mero porta-voz da reitoria, dos empresários e dos governos. 

Leia Mais »

Como os comunistas podem conquistar as massas?

Os militantes da Organização Comunista Internacionalista (OCI) participaram das diversas discussões realizadas na Escola Mundial do Comunismo, evento que aconteceu na Itália de 10 a 15 de junho e marcou a fundação da Internacional Comunista Revolucionária (ICR). Durante a escola, o camarada Lucas Dametto falou na mesa de discussão sobre “Como os comunistas podem conquistar as massas?”. Confira a transcrição.

Leia Mais »

A Cipa na rede estadual paulista de ensino e a posição dos comunistas

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) teve sua origem na segunda metade do século XVIII, na Inglaterra, em um cenário marcado pela Revolução Industrial e seus impactos tanto para os trabalhadores como para os capitalistas, os quais se manifestaram em função da chegada das máquinas, do aumento do número de acidentes de trabalho, da adaptação do homem ao trabalho e da necessidade de um grupo que pudesse apontar sugestões e/ou soluções para sanar o risco ou ocorrência de acidentes.

Leia Mais »

Eleições francesas: derrotar a direita e preparar-se para a guerra de classes!

A primeira rodada das eleições legislativas francesas será no domingo. Os comunistas franceses apelam por uma votação que derrote a direita e a extrema-direita nas urnas, mas também prevemos grandes lutas sociais, qualquer que seja a composição do próximo governo. Isto é, mesmo que a Nova Frente Popular, de esquerda, vença, após o segundo turno , em 7 de julho. No artigo a seguir, analisamos mais detalhadamente a tempestade que varre a vida política francesa, bem como os diferentes cenários possíveis e as tarefas resultantes para o movimento operário.

Leia Mais »

Manifesto

Manifesto da Internacional Comunista Revolucionária

A seguir apresentamos o texto do Manifesto da Internacional Comunista Revolucionária que, após uma discussão exaustiva, foi aprovado por unanimidade no Secretariado Internacional na manhã de 7 de março de 2024. Este documento será submetido, para ratificação, a nossa conferência internacional em Junho, onde lançaremos uma nova Internacional Comunista Revolucionária.

Leia Mais »